2013-04-23 - Nisa, Estremoz, ... ,

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

2013-04-23 - Nisa, Estremoz, ... ,

Mensagem por Vida Motard em Sex Maio 17, 2013 1:55 pm

No passado dia 23 de Abril, que por acaso foi o Dia do Livro, resolvi novamente pegar na moto e fui dar uma volta. Foi pensado assim em cima da hora. E isto porque prevejo uns tempos futuros sem oportunidade para passeios, ou sequer para pegar na moto ou simples cafés para distrair. Mais vale aproveitar agora.
Já devia passar das 00h00 e estava eu na garagem a olhar para um prego espetado no pneu traseiro. Tem sido meu fiel companheiro de viagens... Aproveitei também para passar spray na corrente pois já há uns tempos que não passava, e não convém estragar por falta de cuidado.
Ainda fui para o computador formular uma ideia de passeio, estudar uns mapas. Como o cansaço era muito deixei as coisas na cozinha orientadas para de manhã arrumar tudo na mochila e seguir, e assim foi.
Eram cerca de 08h40 da manhã e estava eu a sair da garagem. Como é hábito gosto de verificar a pressão dos pneus antes de qualquer saída maior, e desta vez fiz questão de o fazer pois senti o pneu traseiro mais “soft”. O meu receio confirmou-se, o pneu tinha falta de ar, o prego já está a fazer das suas. Ainda enchi bem o pneu, e ponderei seriamente em ir com a ideia de passeio para a frente. Resolvi arriscar ir até Alpiarça, se corresse mal sempre estava orientado. Passando por Alpiarça não achei alterações notáveis na pressão de ar e segui. Chamusca, Pinheiro Grande, Arripiado… Fui dar a Abrantes…

Resolvi ir até à esplanada que já conhecia, mas tive uma desilusão. O café estava fechado.  Mad


Mas ainda tirei uma chapa...


Segui caminho... Ainda me atrapalhei na direção a seguir, por falta de placas, e perdi uns 10min, mas lá me orientei...
Vou rolando nas calmas até que vejo uma placa a dizer "Barragem de Belver". Ora, já tenho ouvido falar dela e resolvi seguir a placa. Uns km depois (  Mad  ) e com muita curvinha marota (  Twisted Evil  ) la dei com ela. Desilusão, nem tirei foto. Tirei sim numa parte de convergência de água que faz um efeito engraçado...




A partir daí, meus amigos, que estradões...  Twisted Evil  
Km e km de estradões largos, a direito, com natureza de ambos os lados...






Reparem no contraste. Campo de um lado, pinhal do outro...




E já se avistava o primeiro destino. Nisa...


Em Nisa estava determinado a achar uma bomba de gasolina onde pudesse encher o pneu. Achei bem melhor, uma casa de pneus/oficina mesmo ao lado de um café. Perfeito, fui à casa dos pneus e pedi ao homem que enchesse. Afinal não estava assim tão mal, não encheu quase nada, o que me sossegou um bocado. Bebi de seguida um café, perguntei por atrações turísticas e segui caminho. Ia mais descansado.

Câmara Municipal de Nisa...







Muralhas do Centro Histórico...




A vista...




De seguida fui para a zona central de Nisa. Tem um grande largo com bons espaços de descanso e passeio...




Já se avistava um dos ex-líbris de Nisa. Um pinheiro centenário, com uma altura brutal...


Ei-lo... Ao que parece já foi maior e mais largo, mas desbastaram-no. Ainda assim, é imponente...






Fui mais um pouco ao centro histórico, tudo ali pertinho...














Após dar a volta por ali acabei por sentar num banco a comer. Aproveitei para ligar à minha mãe e dizer:
"-Olá mãe. Vim dar uma volta de moto. Vim parar a Nisa!!!
- NISA?????? "
Razz  Pois, não é pertinho, ficou surpresa.

Com o estômago reconfortado segui viagem. Mais estradões e estradões a perder de vista, sempre em frente, por paisagens naturais bonitas..


Estradões assim, a perder de vista...


Tanto para trás...


Como para a frente...



No caminho que seguia deparei-me com uma placa de um motivo histórico, de seu nome Flor da Rosa. Achei que valia a pena espreitar...
A moto paradinha...








Terras da Moura Encantada..


E tem uma pousada bem engraçada...








Perto do segundo ponto de paragem que tinha planeado vi mais uma placa que me interessou e decidi ir espreitar...
Uma Coudelaria...








Estavam a haver treinos ou provas, que aproveitei para ver durante uns minutos...












No fim de ver tantos cavalos resolvi ir ter com os meus 98 num só...  Twisted Evil  
Estava na hora de seguir...


Alter do Chão...




















Aqui aproveitei para refrescar mãos e cara. Estava calor...


Segui viagem em busca dum posto de abastecimento. Queria meter gasolina e verificar a pressão dos pneus. Achei uma em Fronteira, foi o que bastou, e segui.
Dei com um spot bem agradável... Ribeira Grande, logo após Fronteira...











Eis que chego a outro ponto de paragem definido... Estremoz..

Faço ideia as pessoas a mandarem-se para o lago em tempo de verão...  Twisted Evil






















Avistava o Castelo lá em cima... O meu próximo destino...


E descobri que quase em todo o lado há uma...








E aqui, já nas proximidades do Castelo... Que paisagem fantástica...






A entrada...








Almoçar? Não...


















Um, Dois, Um Dois...


Até os canitos pararam para olhar...


A Cadeia... Propositado...




Uma das saídas...


Com vista para a cidade...


E Estremoz estava visto, pelo menos o mais relevante... Hora de seguir caminho...
E a fome já apertava...
Tinha ideia de ver o Vimieiro, mas pelo vistos não tem assim nada de interessante...
Contudo, tem um parque de merendas, que aproveitei de imediato. Horas de comer...




Ela esperava por mim, à vista...


Saciada a fome, parti para o próximo destino planeado... Arraiolos...
O Castelo vê-se ao longe...
















Querem?








Fez-me lembrar a Espiga Dourada em Santarém...


E finalmente nas muralhas do Castelo...




Que paisagem...


Ficou uma foto bonita, não ficou?








Vamos ao Castelo?


















Ela lá no alto...


Acho que ficou uma foto brutal...


E estavam os objetivos turísticos cumpridos. Já só faltava mais um, chegar a Santarém antes de anoitecer.
Foram cerca de 110km feitos a velocidades puníveis por lei, mas correu tudo bem. Excepto para os que se debateram comigo...




Cheguei a casa pouco depois das 20h e fui direito  a casa para tratar dos bichanos que ficaram um dia inteiro sozinhos.
De seguida voltei a pegar na moto, pois estava sem paciência para cozinhar e fui até ao Pingo Doce jantar...
Refeição merecida...


Este foi o trajeto do passeio... Totalizando 400km bem saboreados e aproveitados...


O dia acabou com um café no Monte Carlo, para distrair e descansar...


O balanço do passeio foi muito bom. Tirando a preocupação inicial pelo pneu tudo acabou por correr muito bem...
Conheci sítios novos, atrações turísticas... Percorri estradões de sonho, sem fim à vista, com paisagens fantásticas...
Foi mais uma bela aventura..

Deixo contudo um reparo negativo. Nestes passeios que tenho feito apercebi-me que há grandes lacunas de sinalização. Por exemplo, há por todo o lado placas de atrações turísticas, mas nenhuma diz a distância a que fica, deixando sem saber se é longe ou perto e vale a pena desviar da rota para ir visitar. Por ex., vi a placa da Barragem de Belver e acabei por ser surpreendido pela quantidade de quilómetros que tive de percorrer até chegar... Grande lacuna...

De resto, mais uma vez digo que gostei bastante. Só tenho pena de não ter companhia nestes passeios, pois com mais pessoas seria mais divertido. Mas compreende-se pela incompatibilidade de horários...

Posto isto, espero que tenham gostado, e estejam à vontade para opinar...
Bem hajam...

Vida Motard
Admin

Mensagens : 10
Data de inscrição : 17/05/2013
Idade : 33

Ver perfil do usuário http://turismosobrerodas.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum