2013-04-19 - Montargil / Mora

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

2013-04-19 - Montargil / Mora

Mensagem por Vida Motard em Sex Maio 17, 2013 1:58 pm

Já na semana passada tinha idealizado dar uma volta maior de moto, conhecer alguma coisa, mas como o tempo esteve incerto acabei por modificar os planos.  Ora,para esta 6ª feira vi boas previsões e decidi ir para a frente com a ideia.
Esta aventura começou na 5ª à noite. Estava a preparar umas sandes e umas bebidas para levar no passeio quando um companheiro me liga devido a um problema inesperado, falta de combustível. Saí então de casa para ir à bomba buscar combustível. Felizmente tinha jerrican, só não tinha mangueira, mas desenrascou-se com um funil maior que por lá tinha. Fui ter com ele e lá resolvemos a situação. De certo modo uma situação caricata, que tornaria a participar sem dúvida nenhuma. Sempre às ordens, se eu puder ajudar, ajudo... Smile
Deitei-me pelas 2h e pouco.
Acordei antes das 8h, pus as últimas coisas a jeito e carreguei a moto. As malas laterais dão um jeitão para levar os blusões (com o tempo incerto de temperatura levei os dois), a mochila com o "farnel" e os sapatos para o caso de ter de descalçar as botas.
Fui verificar a pressão dos pneus e às 9h estava a partir para o passeio.

Parei primeiro em Coruche, com ideia de beber um café no Del-Rio.


Estava fechado. Só abria às 11h.  Evil or Very Mad


O sol estava presente. Adivinhava-se um bom dia de passeio.




Segui viagem, e apesar de não ser o meu plano inicial, só parei em Mora.




Achei uma praceta agradável onde me sentei a beber café.




Fui à procura de coisas para ver e dei com um jardim...






Quando estava no café perguntei ao funcionário o que havia para ver por ali. Logo me disse "o Fluviário de Mora"... Ok, segui caminho.
Mas dizer que o Fluviário é de Mora é como dizer que a Barragem de Alpiarça é em Almeirim. O Fluviário fica a uns 6km de Mora.
Estacionei, paguei a entrada (7,20€,  affraid , mas já que lá estava...) e entrei...






Uma foto para a posterioridade...


Vi uns peixes engraçados...




Descobri que eram Esturjões. Sabem, aqueles peixes de onde extraiem o caviar. Matam estes peixes por um capricho de gente armada em
rica.




Este parecia estar com falta de ar...


Mais umas "montras"...


Conheci o "Lúcio"...


Ficaram espantados com a minha presença...


Este alaranjado fez beicinho...


Este parecia zangado, ou sei lá...


Mais uma chapa...


Que beleza!!!


Raias...








Numa parte exterior estavam umas "boxes"...


Eram para estas meninas... Mas não deu para ver nenhuma...




Caution...








Para quem já ouviu falar de Sanguessugas mas nunca viu nenhuma...


Estas meninas têm uma enzima qualquer que segregam pelas ventosas, usada em tratamentos medicinais.
Achei curioso outra coisa, elas têm uma digestão lentíssima, pelo que só se alimentam umas duas vezes por ano...  Shocked







Uma tartaruga esquisita...


Com um nome esquisito...


Enguia Eléctrica...


Pererecas... Conhecia o nome, não sabia do que era... Já sei... Razz






A perigosa Piranha...






Outro bichinho meiguinho...






Peixes-Gato...


Bonito final...


Desconhecia, mas fiquei a saber que existe aqui um parque de Campismo, e com boas paisagens e recursos naturais...










Por esta altura já estava com fome. Felizmente há ali um parque de merendas público...
Estacionei a menina à vista...


E... "Bon appetit!!!"...  Razz


Saciada a fome, parti em direção a outro objectivo de passeio... Montargil, mais propriamente a Barragem de Montargil.
Descobri um spot bem agradável...




Isto é um Hotel.


Tem "só" esta paisagem magnífica...








De seguida rumei mesmo à dita Barragem de Montargil. Ei-la...


Grande extenção de água...




Este deve ser um escoador de água de pouca amplitude...




Ainda assim mete um respeito danado. A água cai lá no fundo com um estrondo. Estupidamente tive a infeliz ideia de imaginar se eu caísse lá dentro.. Ou morria logo ali ou saía disparado por uma comporta para o outro lado. Nem faço ideia...


Bonito...


De Verão há actividade por estes lados. Parece ser um bom sítio para passar o dia...










Ainda era cedo, tipo umas 14h e pouco. Achei que era cedo para retomar o caminho para casa, e tinha vontade de palmilhar mais uns kilómetros. Decidi então ir até Montemor-O-Novo beber um café... Pelo caminho fui vendo paisagens naturais espectaculares... Esta foi uma delas...


















Entre Mora e Montemor-o-Novo há uma aldeia de seu nome Ciborro. Quando entrei na aldeia lembrei-me de ouvir falar na Barragem do Ciborro. Ora, quando comecei a ver estas placas decidi seguí-las...


Subi uma pequena lomba e de repente vi-me nesta situação... Como estava não dava para voltar, sem me arriscar a deixar cair a moto para o chão.


Decidi que era mais seguro arriscar a descer um bocado e voltar lá em baixo. A descida ia correndo mal, mas uma vez lá em baixo decidi seguir. Desci e subi o estradão de areia que se vê.


Do outro lado estava esta continuação de estradão. Neste caso, desci-a...


Até que me deparei com isto. Ora vamos cá ver, no último passeio quase atolava a moto em lama. Ao olhar para este mini-lago decidi não arriscar... É que a FZ6 não é uma trail, claramente.








Por isso decidi estacioná-la e tirar umas chapas no meio da natureza...






Depois foi retornar por aquele estradão de areia, lembrando-me que aquela primeira descida que ia correndo mal seria agora uma subida íngreme com alto risco de começar a patinar na areia... Confesso que foi com grande alívio que saí daquele estradão.

Cheguei então a Montemor-o-Novo. Estacionei e dei uma vista de olhos em redor...






Fui beber um cafezinho à Cafetaria Mumentus... Considero que deve haver melhor por ali...


Pensei fazer a estravagância de ir comer a um restaurante, por exemplo este...


Ainda pensei ir num instante a Estremoz ou Arraiolos, mas tive a consciência que ainda faltavam uns kilómetros bons para chegar a casa, e decidi meter-me ao caminho... A placa indicava-me o caminho de Mora, mas vejamos, eu tinha vindo de lá...  Razz


Vim a bom ritmo e tinha o objectivo de parar em Coruche para atestar a moto. Com o leitor de combustível avariado não convém andar com a moto perto da reserva. Mas achei que precisava de descansar um pouco e voltei ao Del Rio...
Estacionei ao pé dum bom exemplar de moto...


Bebi um café, e de seguida comi um gelado com vista para esta paisagem...




A bandeira indica que estamos em Portugal...  Razz






Posto isto, fui então atestar a moto, descobrindo que me fez uma média de 4,8L/100 neste passeio até Coruche.  Very Happy

Proxima paragem, casa. Fiz o caminho a ritmo médio, e para última paragem escolhi o Galego. Estive apenas sentado a descansar o corpo, a sentir o cansaço a aparecer com força. Fui então para casa, e só quando estacionei a moto na garagem é que fiquei descansado por tudo ter corrido bem. Foram cerca de 270km bem percorridos...  Very Happy


Balanço deste passeio...
Gostei, sem dúvida. Já tinha vontade de uma volta maior de moto, e conhecer coisas. Basicamente tinha saudades de fazer mototurismo. A moto portou-se bem, não senti problema nenhum. As estradas estavam maioritariamente boas, e com belas paisagens verdejantes.  Conheci sítios que já tinha ouvido falar, e gostei.
Uma das coisas menos boas é que indo sozinho não tem tanta graça. Nestes dias o pessoal está a trabalhar, a menos que estejam de férias, o que não foi o caso. Outra coisa menos boa, não consigo tirar fotos de mim com a moto, por ex, pois em muitas vezes a própria moto teve de servir de base para a máquina fotográfica.

Balanço muito positivo...
Aguardo a hipótese de novo passeio...

Vida Motard
Admin

Mensagens : 10
Data de inscrição : 17/05/2013
Idade : 33

Ver perfil do usuário http://turismosobrerodas.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum